Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
  • Mapa do Site

  • Procissão do Senhor da Misericórdia (Fogaréus)


  • Capelas Enfeitadas - Tapetes de Flores


  • Procissão dos Passos do Senhor


  • Procissão dos Passos do Senhor


  • Procissão do Senhor da Misericórdia (Fogaréus)


  • Procissão do Enterro do Senhor


  • Procissão da Ressurreição


  • Encenação Paixão de Cristo


  • Encenação Paixão de Cristo

Agenda Cultural

agosto 2020
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Candidatura Semana Santa a PCI

 

Candidatura Semana Santa PCI

Introdução Processo Candidatura

Concelho de profundas tradições religiosas e de fé, é no período da Quaresma, da Semana Santa e da Páscoa que elas ganham maior relevo.
A Procissão dos Passos do Senhor é a celebração de maior imponência e dimensão. Inclui o Sermão do Encontro, na Praça da República. É, sempre, um momento de grande comoção de todos quantos assistem ao evento.

 

PDF-icon Sardoal - Semana Santa e Páscoa

PDF-icon Sardoal - Holy Week and Easter

 

Semana Santa

 

Procissão dos Passos do Senhor 

Duas semanas antes da Páscoa

Recriando os Passos do Senhor até ao Calvário, a procissão sai da Igreja Matriz com a imagem do Senhor dos Passos e percorre as ruas da vila de Sardoal, parando algumas vezes nos altares feitos em nichos das paredes e na entrada das capelas. A acompanhar um grupo de anjinhos, cada um segura um objeto relacionado com o Calvário. Nossa Senhora faz um percurso mais curto até ao Encontro, saindo da Igreja Matriz em direção ao Pelourinho, local onde se realizada o Sermão do Encontro, um momento caracterizado sempre pela comoção coletiva. Ambos seguem depois em direção ao Convento de Santa Maria da Caridade, local onde se realiza o Sermão do Calvário. Daqui apenas regressa a imagem da Virgem.

Procissão dos Ramos

Uma semana antes da Páscoa

De dimensão e impacto menor, esta procissão começa na Capela do Espírito Santo, onde decorre a bênção dos ramos, percorre algumas ruas da vila e segue em direção à Igreja Matriz. Representa a entrada bíblica de Jesus na cidade de Jerusalém.

Procissão do Senhor da Misericórdia (Fogaréus)

Quinta-feira Santa

A mais solene e mística, mesmo para não crentes. Grande parte da vila acompanha o escurecer do dia, sem que a iluminação pública seja acesa. Tudo fica na penumbra. As pessoas colocam lamparinas e velas nas janelas e parapeitos, enquanto a autarquia preenche as suas janelas e os muros por onde a procissão vai passar, dando um toque muito especial. Parece que recuamos séculos nessa noite.
As cerimónias têm o seu início na Igreja Matriz, onde decorre a cerimónia do Lava-pés. Depois seguem para a Igreja da Misericórdia, de onde sai a Procissão dos Fogaréus ou do Senhor da Misericórdia. No início seguem as Bandeiras da Misericórdia. O Senhor da Misericórdia, uma escultura do século XVII de Cristo Crucificado, antecede os sacerdotes. É uma cerimónia solene, acompanhada pela Filarmónica União Sardoalense, que com músicas fúnebres ajuda a criar ainda mais ambiente. Os crentes seguem em silêncio, cada um segurando a sua vela, por promessa ou simplesmente por devoção. Ao chegarem ao Convento de Santa Maria da Caridade realiza-se o Sermão do Mandato, depois regressam à Igreja da Misericórdia.

Procissão do Enterro do Senhor

Sexta-feira Santa

As cerimónias começam na Igreja Matriz de onde sai o cortejo fúnebre que percorre as ruas velhas da vila. Seguem para o Convento de Santa Maria da Caridade e regressam à Igreja Matriz já com o caixão tapado, onde se realizam as cerimónias do Enterro do Senhor. Toda a procissão é acompanhada por música fúnebre entoada pela Filarmónica União Sardoalense.

Procissão da Ressurreição

Domingo de Páscoa

A Procissão sai da Igreja Matriz acompanhada por anjinhos vestidos de cores alegres, as sacadas das janelas e varandas estão decoradas por mantas e colchas coloridas, que as pessoas preciosamente colocam ano após ano. É uma procissão mais curta, percorre apenas algumas ruas da vila e regressa à Igreja Matriz.

 

Bodo

 

Manifestações

Entidades

 

 

 

 

comer ficar entreteni ca da terra