Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
  • Mapa do Site

  • Percursos Pedestres


  • PR1 - Na Rota do Javali


  • PR1 - Na Rota do Javali


  • PR2 - Trilho do Pastor


  • PR1 - Na Rota do Javali


  • PR3 - Do Pão ao Vinho


  • PR3 - Do Pão ao Vinho


  • PR3 - Do Pão ao Vinho


  • PR1 - Na Rota do Javali

Agenda Cultural

setembro 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
11
12
14
15
18

 

O prazer do contacto com a natureza através dos Desportos da Natureza tem crescido no nosso país. A Autarquia do Sardoal está atenta a esta nova tendência desportiva e pretende, através dela, cativar as pessoas a visitar o Concelho na sua totalidade e não apenas a Vila.

 

A procura da prática destas modalidades desenvolve a economia local. Desta forma, estão a ser criados os meios para que algumas das modalidades dos Desportos da Natureza possam ser praticadas aqui, no Sardoal.

 

Se gosta de desporto e da natureza venha ao Sardoal e deslumbre-se!

 

BTT

 

A Câmara Municipal de Sardoal tem em curso um projeto para a instalação de um Centro de BTT, a homologar pela UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo (http://centrosdebtt.pt/index.php?r=centrobtt).

 

Mais informação brevemente.

 

 

Percursos Pedestres

 

O Concelho de Sardoal possui importantes recursos naturais, com locais belos e excelentes paisagens, ribeiras, fauna e flora.
Para potenciar esta mais-valia e tendo em conta a recuperação e preservação do património cultural, ambiental e natural, a Câmara Municipal criou recentemente uma rede de percursos pedestres no Concelho que tem como finalidade dar a conhecer este património de forma estruturada, organizada e integrada.

 

 

PR1 - Na Rota do Javali

 

Deixe-se envolver pela natureza, os sons, os cheiros, a água e os sinais deixados pelos animais, ou não estaria Na Rota do Javali.
Após a partida em Andreus, aproxima-se do local a salvo da peste, a Capela dos Barbilongos. Se quiser suba e faça como muitas pessoas fizeram ao longo de séculos, uma subida penosa. Continue ao longo do curso de água rumo ao Vale da Amarela. Siga para S. Simão e desfrute do trilho ao longo da ribeira, um dos locais mais bucólicos, cujos tons mudam ao longo do ano. Encontra uma ponte em curva e um pouco mais acima, os vestígios da antiga Capela de S. Miguel, outrora local de devoção das povoações vizinhas. Irá fazer o regresso na companhia dos sons da natureza.

 

Anexos:

PDF-icon Desdobrável
doc icone Ficheiros para Google Earth e para GPS

 

 

PR2 - Trilho do Pastor

 

No antigo caminho que ligava Abrantes ao Sardoal passa o Trilho do Pastor.
É o trilho dos sentidos. Ouvir o tilintar das ovelhas e das cabras, sentir o cheiro da natureza, observar o património vivo do trilho, as oliveiras centenárias, o majestoso Sobreiro da Dona Maria, um dos maiores sobreiros da região. Mas também poder apreciar a nossa herança cultural, a Igreja Matriz, a Igreja da Misericórdia, as capelas, o Pelourinho e as nossas fontes e chafarizes. Aproveite e beba a água. Noutros tempos o Sardoal era conhecido pelas suas boas águas, atraindo a nobreza da altura. Faça o mesmo e percorra as mesmas ruas e caminhos por onde andaram reis e rainhas.

 

Anexos:

PDF-icon Desdobrável
doc icone Ficheiros para Google Earth e para GPS

 

 

PR3 - Do Pão ao Vinho

 

Inspire, expire e sinta a Natureza ao seu redor, está na Lapa.
Outrora local de grande romaria em honra de Nossa Senhora da Lapa, atualmente é um dos locais de lazer do concelho. Na sua caminhada irá passar por antigas azenhas, uma ponte medieval e se tiver sorte, pode encontrar lontras. Suba até aos Moinhos de Entrevinhas, tal como muitos subiram para moer os cereais para fazer o pão. Deslumbre-se com a paisagem de lá. Do pão vai para o vinho! Atravesse as vinhas da Quinta do Vale do Armo, se for tempo delas, coma uma uva ou simplesmente, aprecie a paleta de cores da paisagem que o rodeia.

 

Anexos:

PDF-icon Desdobrável
doc icone Ficheiros para Google Earth e para GPS

 

 

PR4 - Via Romana

 

Qualquer uma das estações do ano é boa para percorrer a Via Romana, na Freguesia dos Valhascos, acompanhado por uma paisagem deslumbrante e abundante vida animal. O ponto alto será a calçada romana no Casal da Graça, local de romaria de tempos passados, onde existiu a igreja de Nossa Senhora da Graça.
Irá passar pela Fonte dos Mouros, pela Fonte da Queixoperra, pela Capela de São Bartolomeu, pela calçada medieval e até pelo sítio da forca do Sardoal, atrás da zona industrial. O percurso termina na Igreja Paroquial dos Valhascos, que alberga a escultura de Nossa Senhora da Graça.

 

Anexos:

PDF-icon Desdobrável
doc icone Ficheiros para Google Earth e para GPS

 

 

 

 

 

comer ficar entreteni ca da terra